Câmara concede título de cidadão honorário e comendas a militantes da causa animal

segunda, 29 de novembro de 2021 às 09h26

As proposições foram do vereador Eduardo Canuto (Podemos)

A Câmara Municipal de Maceió realizou uma sessão solene, na tarde da última sexta-feira (26), presidida pelo vereador Alan Balbino (Podemos) para a concessão do título de cidadão honorário ao médico urologista e professor universitário Humberto Montoro Chaga Na solenidade ainda houve a entrega da comenda Ismar Malta Gatto ao ex-superintendente da SMTT de Maceió Antônio José Gomes de Mouras e à militante da causa animal Lérida Lôbo Gomes Vitorino. As honrarias foram propostas pelo vereador Eduardo Canuto (Podemos) e foram aprovadas por unanimidade. 

“Eu conheci a causa animal quando coordenei a Secretaria de Governo do Município, dentre as minhas atribuições de gestão estava a Defesa Civil. Com todos os convênios sendo elaborados pela subsidência dos bairros, toda a preocupação era toda com encosta, com moradias das pessoas que ali viviam, com empresariado. Ninguém, a princípio, pensou na causa animal de fato e eram milhares de animais”, destacou.

Canuto explicou ainda que, em visitas ao então superintendente de trânsito de Maceió, Antônio Moura, observava que na casa dele havia animais deficientes adotados e se impressionou com o trabalho. Nos diálogos, descobriu que Lérida era a grande referência de Moura e da maioria das pessoas que atua em favor da causa animal. Daí, então, surgiu o desejo de conceder a homenagem.

Causa de vida

Há 15 anos, ainda em Maceió, Lérida Lôbo já resgatava animais abandonados ou debilitados, com a ajuda de amigos. A partir daí, iniciava o tratamento de reabilitação, a castração e promovia a adoção responsável. 

Por amor à causa, vendeu a própria casa para construir o abrigo Associação Protetora dos Animais Anjinhos de Quatro Patinhas, em Paulo Jacinto. Atualmente, cuida de mais de mil animais e mantém o abrigo apenas com doações, sem nenhum apoio do poder público. 

Emocionada, ela agradeceu à homenagem e ao apoio dos mais de 200 mil seguidores das redes sociais que auxiliam o trabalho, referência nacional.

“A gente tem seguidores do Brasil e do mundo inteiro. Pessoas que acreditam e muitas vezes saem de seus países para nos conhecer como a gente consegue fazer um trabalho naquela grandiosidade. O que me orgulho muito é que os meus ‘filhos’, dentro do abrigo, tem uma vida descente. Não é um abrigo onde eles são colocados para viver num depósito. Eu quero agradecer muito ao apoio que os meus funcionários me dão. Quando eu saio do abrigo, saio com o coração sossegado, porque sei que há uma equipe maravilhosa, ali, cuidando dos meus ‘filhos’. Qualquer hora do dia ou da noite, que qualquer pessoa chegar, a impressão que dá é que é um sonho”, relata.

Especial

Mutilações, deficiências, limitações: características que não costumam ser um atrativo para a adoção animal. Contrariando a maioria, esse é o pré-requisito de Antônio Moura, na hora de escolher um pet. Há alguns anos, movido por compaixão, ele começou a resgatar animais de rua, com o auxílio da esposa. 

A partir daí, montou uma rede de contatos, com protetores individuais e ONGs, que ampliaram a capacidade financeira e estrutural do trabalho de acolhimento, tratamento e encaminhamento à abrigos, que davam continuidade aos cuidados até a adoção. Atualmente, tem 16 cães e gatos, criados em casa.

“Eu gostaria de fazer uma reflexão. Imagina como deve ser ficar abandonado nas ruas, sentir fome, sede, frio e, além disso, ainda ser invisível. Os animais de rua, pra grande a maioria das pessoas, e para o poder público – quase que de modo geral – os animais de rua são invisíveis. Esse problema está tomando uma dimensão que requer, urgentemente, uma atitude tomada por todos nós”, reforçou sob aplausos.

Título

Na cerimônia de entrega do título de cidadão honorário de Maceió ao médico Humberto Montoro o vereador Alan Balbino, presidente da sessão, destacou a importância da honraria e as condicionantes para a concessão.

“A cidadania honorária é um título concedido pela Câmara Municipal de Maceió às personalidades nascidas em outras localidades e que notoriamente tenham prestado relevantes serviços para o progresso e desenvolvimento da cidade de Maceió. Ao ser entregue, o homenageado se torna oficialmente um cidadão da cidade”

Urologista e professor da Ufal – Universidade Federal de Alagoas, Montoro, é natural de Macaubal. Cursou a faculdade de medicina na UERJ – Universidade Estadual do Rio de Janeiro, em 1985, e fez a residência médica em urologia no Hospital de Base da Faculdade de Medicina, em São José do Rio Preto, São Paulo. 

Em 1992, após aprovação em concurso público, assumiu Hospital de Emergência Armando Lages. No ano seguinte, passou no concurso na Ufal, onde leciona no curso de medicina. Emocionado, Humberto agradeceu pela homenagem.

“Agradeço a todos os vereadores por essa homenagem e ao amigo Eduardo Canuto. Agradeço a presença dos amigos e do meu filho. Fiquei muito emocionado ao saber do tratamento que vocês dão aos animais, por saber que há pessoas que são anjos desses animais, que ficam ao ‘Deus dará’. Agradeço a presença de todos que vieram para homenagem. Muito obrigado”, concluiu.

A cerimônia durou cerca de uma hora e meia e contou com a presença de Secretário Nacional da Causa Animal do PROS, Paulo Memória; o juiz Wlademir Paes de Lira, além de parentes e amigos dos homenageados.

Mais Imagens:

Últimas Notícias