No Dia Internacional do Idoso, a Câmara Municipal de Maceió promove sessão solene para entrega de comendas

Clara Vieira

terça, 01 de outubro de 2019 às 11h50

Dicom/CMM

Oito pessoas em diversas áreas foram homenageadas na solenidade que aconteceu no Plenário Silvânio Barbosa

Na manhã desta terça-feira (01), em alusão ao Dia Internacional do Idoso, personalidades que lutam pelos direitos das pessoas idosas foram agraciadas com comendas propostas pelo vereador Cleber Costa (Progressistas), no Plenário Silvânio Barbosa.

A comenda Amiga da Pessoa Idosa é destinada a personalidades pelos relevantes serviços em prol da defesa do direito da pessoa idosa e foi entregue à deputada federal Tereza Nelma e ao sociólogo Crismédio Vieira; a Comenda Poeta Jorge de Lima é dedicada a pessoas que tenham prestado relevantes serviços na área da poesia e foi destinada a Cláudio Antônio Jucá, membro fundador e atual presidente da Academia Maceioense de Letras; a Irmã Esmeralda Carneiro Adorno, religiosa da Congregação das Filhas do Sagrado Coração de Jesus, recebeu a Comenda Pacificadora da Paz Madre Tereza de Calcutá.

A Comenda Assistente Social Isabel Cristina Ramos Impieri, é destinada a pessoas que tenham desempenhado relevantes serviços como assistente social para a defesa da vida e foi destinada à assistente social, especialista em gerontologia e presidente do Conselho Estadual dos Direitos e Proteção do Idoso de Alagoas, Elizabeth Toledo; a Comenda Zilda Arns Neumann é entregue a personalidades que desempenham relevantes serviços nas áreas da criança e do adolescente e foi destinada ao senhor doutor Rodrigo Caetano Arantes, mestre em Gerontologia e pesquisador com reconhecimento internacional na área de envelhecimento e saúde pública; Duas pessoas receberam a Comenda Dom Fernando Iório Rodrigues: a presidente da Associação Pestalozzi de Maceió, Tereza Maria Barreto do Amaral, e o articulador e coordenador do Grupo de Envelhecimento Ativo da Santa Casa de Maceió (Geasc), Geraldo Liberal.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do dia 22 de setembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em Maceió são 101.894,8 pessoas idosas, o que corresponde a 10% da população total. Segundo a ONU, o mundo está no centro de uma transição única e irreversível do processo demográfico e que irá resultar em mais populações idosas em todos os lugares.

REFLEXÃO - Para o vereador Cleber Costa, o Dia Internacional da Pessoa Idosa serve como reflexão a respeito do envelhecimento e todas as suas implicações, bem como chamar para a ação através de mudanças de paradigmas e atitudes em relação a essa parte crescente da população.

“A velhice é uma fase da vida que não deve ser ignorada ou excluída, ela deve ser reconhecida e respeitada, afinal, essas pessoas fizeram sua parte para o desenvolvimento social e econômico da comunidade. Temos que mudar o nosso modo de pensar e agir a respeito das pessoas idosas”, declarou.

O presidente da Academia Maceioense de Letras, Antônio Jucá, falou da satisfação em receber a honraria mesmo depois de tantos anos de carreira.

“Hoje é um momento histórico na minha vida. Eu desenvolvo esse trabalho há mais de meio século e receber a comenda Jorge de Lima é uma honra. Ele foi um poeta brilhante, dos mais categorizados e não sei se mereço esse titulo tão nobre”, declarou.

A assistente social Elizabeth Toledo frisou que realiza trabalhos pela pessoa idosa desde 2004 e disse que receber uma comenda concretiza toda essa história e faz com que as pessoas que lutam por esta causa não esmoreçam e continuem trabalhando para que os direitos dos idosos sejam concretizados.

O fisioterapeuta e mestre em gerontologia, Rodrigo Caetano, falou da necessidade do município de Maceió investir em políticas públicas já que está havendo um processo de envelhecimento populacional na cidade. 

Mais Imagens:

Últimas Notícias