Última atualização do Site: 12 de junho de 2024

Honraria

Câmara concede comendas aos empresários da Indústria Hoteleira Mauro Vasconcelos e Luiz Vasconcelos (in memoriam)

Homenagens foram propostas pelo vereador Leonardo Dias (PL) e foram aprovadas por unanimidade na casa

Dicom/CMM

segunda, 18 de setembro de 2023 às 00h00

Dicom/CMM

A atuação dos empresários da Indústria Hoteleira de Maceió foi reconhecida pelo vereador Leonardo Dias (PL). Por indicação sua, na manhã desta segunda-feira (18), a Câmara entregou as comendas Governador Afrânio Lages e Desembargador Mário Guimarães. Os homenageados com a honraria foram os empresários da indústria hoteleira maceioense, Mauro Vasconcelos e Luiz Vasconcelos (in memoriam), respectivamente.

O vereador destacou a natural vocação que Maceió tem para o Turismo, devido às suas belezas naturais e de gente acolhedora. Leonardo reforçou ainda que os atributos que a cidade possui não gerariam tantos benefícios se não fossem o olhar de empresários que investem neste setor, que atualmente é responsável por 30 mil postos de trabalho de formas direta e indireta.

“Somente no ano passado, o setor injetou cerca de R$ 4 bilhões na economia alagoana. Grande parte disto, em Maceió. Foram mais de 2,2 milhões de pessoas que nos visitaram, em 2022, em razão de nossas belezas e da nossa gastronomia. Neste ano de 2023, a previsão é de que esses números tenham acréscimos significativos”, afirmou Dias.

Leonardo recordou que, mesmo diante da pandemia da Covid-19, o setor do Turismo continuou se renovando e sendo um importante agente da Economia alagoana.

“Mesmo diante da recente crise, o Turismo nunca deixou de se renovar em nosso Estado, atraindo novos empreendimentos e consolidando os já existentes, tendo um trade maduro e pautado pelo desenvolvimento sustentável e com preocupações socioeconômicas. Sem medo de errar, afirmo que em relação aos avanços conquistados, nossa capital deve a homens e mulheres, que consolidaram o Turismo como a maior economia de Maceió.

 

Trajetória 

O empresário Mauro Vasconcelos é diretor comercial de uma das maiores empresas do setor hoteleiro de Alagoas, o grupo Hotéis Ponta Verde. Dedicado ao Turismo desde os seus 15 anos de idade, iniciou sua trajetória ainda no almoxarifado da companhia. 

Vasconcelos assumiu a presidência da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL), permanecendo no cargo até o ano de 2017. Emocionado, agradeceu a honraria recebida e garantiu continuar com seu empenho pelo desenvolvimento da indústria hoteleira alagoana.

“Se passou um filme na minha mente sobre todo o caminho percorrido para chegar até aqui. Sou grato a Deus por todos os momentos. Isso só me faz renovar ainda mais toda energia e vontade de seguir em frente no nosso desafio de empreendedor e conseguir transformar ainda mais o desenvolvimento social de Maceió e Alagoas. Agradeço aos meus familiares, ao time dos Hotéis Ponta Verde e todos os companheiros de trade turístico e da ABIH. O Turismo sempre me marcou desde o começo, de sangue e de berço, mas também de minhas escolhas de vida”, disse Mauro. 

 

Lembrança

A comenda Desembargador Mario Guimarães, direcionada a Luiz Vasconcelos, foi entregue aos seus familiares, em nome de sua viúva, Andreia Vasconcelos. Fundador de um dos principais hotéis da cidade, o Maceió Mar Hotel, dedicou sua vida ao crescimento do setor turístico da capital alagoana.

“Lula Vasconcelos, como é conhecido, está gravado na História de Maceió. Ele não se resume a um empreendedor. Afinal, estamos falando de um fundador, alguém que fez de si uma pedra fundamental. Seu nome se confunde com a própria história do Turismo de Maceió, fundando – ao lado de seu pai, o Maceió Mar Hotel", disse Léo. 

Em discurso na tribuna filho de Luiz Vasconcelos, Milton, agradeceu a Leonardo Dias pela proposição da honraria e rememorou a vida de seu pai.

“Costumo falar que tenho muito orgulho do pai que ele foi e tudo que nos representou. Ainda nos surpreende as expressões de carinho de tantas pessoas, que vão do cuidador do carro às autoridades da nossa cidade, que testemunharam atos tão especiais que meu pai fazia. A partida dele faz com que a gente o ame e a saudade aperte e a gente aprende a conviver, não é fácil, mas temos tido muitas histórias boas dele”, lembrou Milton. 

Últimas Notícias