Aprovado, em primeira discussão, projeto que cria a Carteira de Identificação do Autista em Maceió

Joyce Marina*

quarta, 02 de outubro de 2019 às 18h05

Dicom/CMM

Projeto da vereadora Fátima Santiago tem como objetivo facilitar a vida das crianças e pais

A Câmara Municipal de Maceió aprovou, nesta quarta-feira (2), em primeira discussão, projeto de lei que cria a Carteira de Identificação do Autista (CIA). De autoria da vereadora Fátima Santiago (Progressistas), o PL será apreciado pelos parlamentares em segunda discussão e em seguida enviado ao Executivo para sanção ou veto.

“Nós tivemos a ideia de formatar o projeto de lei haja vista a quantidade de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) que existe em nossa cidade. Sabemos que as crianças diagnosticadas com essa patologia sofrem com algumas deficiências, entre elas, a intelectual. Muitas mães e pais se dedicam para acompanhar e buscam estimular o desenvolvimento destas crianças. Todo este cuidado tem um custo muito grande que vem desde escolas especializadas a psicólogos. A identificação em estabelecimentos públicos e privados irá, com toda certeza, facilitar a vida destas pessoas”, justificou a parlamentar ao discutir sobre o projeto em Plenário.

Ao ser instituída na cidade, a Carteira de Identificação terá validade de cinco anos, será expedida sem qualquer custo por meio de requerimento devidamente preenchido e assinado pelo interessado ou representante legal, acompanhado de relatório médico, confirmando o diagnóstico, munido de documentos pessoais, bem como dos pais ou responsáveis legais, Certidão de Nascimento, RG, CPF e comprovante de endereço, originais e cópias. O relatório médico atestando diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista deverá ser firmado por médico especialista em Neurologia ou Psiquiatria.

ORDEM DO DIA – Também foram aprovadas indicações de autoria dos vereadores Siderlane Mendonça (PEN) e Aparecida Augusta (DEM) solicitando melhorias para diversos bairros de Maceió, entre elas a recuperação asfáltica nas avenidas do Benedito Bentes; pavimentação e saneamento nas ruas dos bairros do Bom Parto e Tabuleiro do Martins. Já o vereador Lobão, (PR) requereu a fiscalização para evitar descarte de lixo e a retirada do lixo na Praça da Maravilha, no Poço. Ana Hora (PSD) teve aprovado, em primeira discussão, projeto de decreto legislativo que concede Título de Cidadão Honorário à Marta Vieira da Silva.

 

*estagiária sob supervisão

Mais Imagens:

Últimas Notícias